Páginas

Saiba Montar a Tábua de Queijos

Você sabe como montar a tábua de queijos ideal e com que vinhos harmonizá-la? Veja a seguir algumas dicas básicas para montar uma bela tabua de queijos e tenha sucesso junto aos seus amigos!

Os queijos e os vinhos seguem uma sequência de serviço e cada etapa de queijos recebe seu vinho ideal para harmonização. 


A tábua pode ser composta, por exemplo, por queijos frescos, frescos curados e brancos moles e pode ser acompanhada por um espumante ou um Sauvignon Blanc.

Outra opção de tábua é composta por queijos semimoles acompanhados por um Riesling ou um Gewürztraminer. Quando são servidos os queijos duros acompanha-se um tinto encorpado, italiano ou francês. E se aescolha for pelos queijos azuis acompanhe-os por um vinho doce, como um Porto ou um Sauternes.

Usualmente, em encontros de queijos e vinhos englobam uma pequena quantidade de brancos moles, alguns semimoles e alguns duros. Nessa abordagem, a seleção dos vinhos deve recair sobre aqueles que se encontram no meio do espectro, nem tão leves e frescos, nem tão encorpados. A combinação de dois vinhos pode ser suficiente: um Riesling ou um Gewürztraminer e um Pinot Noir.

Diversos queijos do mesmo grupo e apenas um vinho dificilmente haverá erros! Se quiser alguma variação, opte por um espumante com brancos moles de entrada ou azuis e Porto para a finalização.

Finalmente, uma última recomendação: deixe para comprar os queijos o mais perto possível da data do evento e retire-os da geladeira uma hora antes de servi-los.

Complete a tabua de queijos com frutas frescas, como uvas, peras e figos e frutas secas, como nozes.

Além de selecionar opções de acordo com a estação e com estilo do menu, é preciso respeitar o gosto de seus convidados. No calor do verão, prefira queijos mais leves e frescos, como de cabra, leite de vaca cru, cremosos e os azuis. No inverno, opte por clássicos como o Brie e os queijos mais fortes, que combinam com as baixas temperaturas.

A tábua clássica e tradicional é composta por cinco a sete queijos de tipos e terroirs diferentes. É importante variar entre os tipos, cores e formas. Prefira os produtos artesanais aos industrializados, favorecendo a produção local. Escolher um excelente pão também faz parte da composição da tábua, então, dê preferência ao pão italiano, pão de campanha ou baguete francesa. Evite pão de forma ou pães com grãos, que poderão alterar o sabor do queijo. Para a tábua, escolha sempre materiais naturais, como a madeira e o vidro.

Uma boa sugestão é usar pedra ardósia preta, que vai ressaltar as cores dos queijos e manter a temperatura por mais tempo. Disponha uma faca para cada tipo, para não misturar os sabores. 

Na hora da montagem, pense na comodidade dos convidados e do serviço. Disponha os queijos de massa mole no centro, e os mais duros nas bordas - pois estes necessitam ser cortados com mais força -, e espalhe os menores entre os grandes.


Nenhum comentário: